Ruínas e Museu Monográfico de Conínbriga

Ruínas e Museu Monográfico de Conínbriga

Ruínas e Museu Monográfico de Conínbriga
loader
Data de entrada
Data de saída
Noites
Habitação
Data de entrada
Mostrar barra de pesquisa
Ocultar barra de pesquisa
{{ visibleTabs[ activeTab ].name }}
  • {{ tag.name }}
Entrada

{{searcher.dti.date | date:'dd/MM/yyyy'}}

Saída

{{searcher.dto.date | date:'dd/MM/yyyy'}}

-
Quartos
+
Quarto {{$index+1}}
-
Adulto(s)
+
-
Criança(s)
+
Idade(s) criança(s)
-
anos
+
Pesquisar
Data de entrada
Informação Geral
Um dos sítios arqueológicos mais ricos de Portugal, Conímbriga teve origem num castro celta da tribo dos Conii, nos finais da Idade do Ferro. Ocupada pelos romanos a partir de 139 a.C. e a sua população totalmente romanizada, foi sob o imperador Augusto, no séc. II d.C. que a cidade conheceu o seu esplendor, tendo sido construídas então termas públicas e um Forum, cuja reconstituição se pode ver no Museu. Com o declínio do Império nos finais do séc. IV, foi elevada uma monumental muralha defensiva, o que não impediu o assalto da cidade pelos suevos, em 468 e o consequente declínio de Conímbriga, que se foi desertificando e os habitantes que restaram deslocaram-se para Condeixa-a-Velha, mais a norte. As grandes escavações levadas a cabo ao longo do sé. XX revelaram um valioso e complexo conjunto de edifícios, incluindo termas, um aqueduto que percorre mais de 3.400 metros desde a fonte, e restos de uma basílica cristã, provavelmente do séc. VI. O visitante não deixará de maravilhar-se à vista das casas nobres que conservam magnífico chão em mosaicos polícromos, destacando-se a casa de Cantaber, residência típica do séc. III e uma das mais amplas em todo o mundo romano ocidental e a casa dos Repuxos, com uma área de 569 m2 pavimentada de mosaico, ornamentada com vistosos quadros que ilustram temas mitológicos e do quotidiano, onde um peristilo central ajardinado e com jogos de água o tornam único.
Condeixa-a-Nova
Ruínas e Museu Monográfico de Conínbriga,R. das Ruínas 7, Condeixa-a-Velha
Ruínas e Museu Monográfico de Conínbriga
R. das Ruínas 7, Condeixa-a-Velha